Compressas naturais: como são feitas e quais as recomendações de uso?



Nas compressas naturais são utilizados os benefícios de alimentos de forma tópica para aliviar dores. Veja como fazer.

O método de utilizar compressa quente ou fria é tradicional em toda parte do mundo há séculos. Basta um pedaço de pano embebido em água para aplicar sobre um local do corpo que esteja enfermo e ajudar a aliviar os sintomas.

Enquanto a compressa fria é recomendada para evitar o inchaço e aliviar a dor de lesões, contusões, traumas ou entorses, a compressa quente vai ajudar a relaxar os músculos, aliviar dor, a tensão muscular, dilatar os vasos sanguíneos, trazer relaxamento e melhora nos movimentos.

Pode ser utilizada em casos de furúnculo, cólica, torcicolo, dores nas articulações e dor na coluna.

No caso de uma lesão, contusão, trauma ou entorse, só após 48h de compressa fria é que inicia-se o uso de compressa quente.

Para que servem as compressas naturais?

As compressas naturais servem para potencializar o efeito das compressas quentes ou frias, já que acrescentam-se ingredientes com ação medicinal, que liberam seus ativos anti-inflamatórios, analgésicos, antitérmicos, antissépticos e cicatrizantes sobre a pele, penetrando no local lesionado.

Quais os tipos?

Ao conhecer os efeitos de cada tipo de planta ou ingrediente, pode-se utilizar também para uso tópico, conforme a necessidade.

Selecionamos 8 tipos de elementos naturais que agem de forma medicinal e podem ser usados como compressa para diferentes fins.

Dividimos entre soluções e infusões, confira:

Soluções antissépticas e cicatrizantes

O efeito antisséptico não é o único destas soluções, mas como levam sal ou álcool, podem ser utilizadas também para a limpeza de ferimentos, utilizando algodão.

Água e sal

Leve ao fogo meio litro de água para ferver e adicione um punhado de sal.

Desligue o fogo e quando estiver morna aplique em uma toalha que deverá ser colocada sobre o local da dor.

Neste caso, como é morna, serve para os problemas tratados por compressas quentes.


Caroço de abacate e eucalipto

Para uma compressa fria, rale o caroço de um abacate, acrescente um punhado de sementes de eucalipto e coloque em um vidro com um litro de cachaça.

Deixe curtir por dois dias. Depois, sem usar toalha, aplique sobre os locais doloridos, massageando suavemente algumas vezes ao dia.

Erva cidreira

Coloque 200 gramas de folhas frescas da erva cidreira em um vidro com 1 litro de álcool 60% e deixe por 10 dias guardado em local quente.

Depois, coe e dilua em água na proporção de 4 para 1. Aplique no local afetado massageando algumas vezes ao dia.

Infusões

Para fazer sua compressa com plantas medicinais, faça infusões bem concentradas, umedeça uma toalha ou fralda e aplique sobre a área afetada durante 15 a 20 minutos, repetindo o procedimento 3 vezes ao dia.

Alecrim ou tomilho: estas plantas são ótimas para aliviar dores nas costas.

Arnica: esta planta é recomendada para o tratamento de traumas, edemas, contusões, fraturas, hematomas e torções.

Bardana: boa opção para auxiliar no tratamento de dermatite e irritação na pele. Oferece ação antisséptica e anti-inflamatória.

Calêndula: utilizada para tratar inflamações, contusões, queimaduras e lesões.

Hamamélis: recomendada para casos de inflamações de pele, hemorroidas e inflamação de mucosas.

Dicas de cuidados antes de aplicar as compressas naturais

Mesmo sendo naturais, algumas plantas pode causar alergia, por isso deve-se utilizar em uma pequena parte do corpo antes e deixar agir por algumas horas para observar se há reação alérgica.

Tenha cuidado especial antes de colocar qualquer solução ou infusão sobre machucados abertos.

As que utilizam cachaça e álcool são utilizadas para limpeza de machucados, aplicadas delicadamente com algodão.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado.

E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.



Comentar

four × 3 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.