Conheça os Benefícios do óleo de arroz e saiba como usar



Se você está em busca de turbinar a sua dieta ou de manter uma alimentação mais saudável, o óleo de arroz pode ser uma ótima opção. Ele é extraído do farelo de arroz e pode ser um aliado dos níveis de colesterol e da perda de peso se for consumido de forma correta.

As gorduras são os nutrientes mais calóricos das refeições. O óleo de arroz contém uma quantidade calórica similar a de outros óleos, sendo 135 calorias para cada colher de sopa. O azeite, por exemplo, contém 133 calorias, enquanto a banha de porco tem 120 calorias. No entanto, as gorduras no óleo de arroz são gorduras boas, digeridas pelo organismo com mais facilidade.

Como ajuda no emagrecimento

Muitas pessoas comentam sobre a capacidade do óleo de arroz no processo de emagrecimento, no entanto essa capacidade ainda não foi comprovada. O óleo de arroz não influencia tanto no emagrecimento, e é mais provável que seja causador de ganho de peso.

Comparativo com outros óleos

O óleo de arroz é rico em gorduras benéficas para o organismo e, além disso, é uma ótima fonte de vitamina E e de gama-oryzanol. A vitamina E é comumente encontrada em alimentos de origem vegetal como cereais integrais, sementes, abacate e azeite. Esse nutrientes ajuda a equilibrar os níveis de colesterol, a melhorar a cicatrização e a prevenir o envelhecimento precoce.

Já o gama-oryzanol é um componente encontrado principalmente no farelo de arroz, mas também no farelo de milho e na cevada. Esse nutriente pode ajudar a controlar doenças cardiovasculares e a reduzir o colesterol, já que tem apenas 20% de gordura saturada.

Quanto mais gordura saturada tiver o alimento, pior é para a saúde. Quando ela é consumida em excesso, o resultado pode ser destrutivo, levando ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares e mesmo à morte prematura. Em comparação com outros óleos, o óleo de arroz é, portanto, mais saudável.


Como usar na alimentação

O óleo de arroz pode ser utilizado da mesma forma que os óleos mais comuns. Você pode temperar saladas, vegetais e pratos frios. Algo bom é que a sua resistência ao calor. Por isso, você pode aquecê-lo, mas deixe-o no calor por mais tempo que o habitual até que alcance a temperatura desejada.

Essa resistência ao calor é, na verdade, benéfica para o corpo, pois é durante o aquecimento que os alimentos e óleos perdem os seus nutrientes e destroem as gorduras boas. Para você ter uma noção de comparação, o ponto aquecimento do óleo de arroz é de 253ºC, enquanto o do azeite é 160ºC e o da manteiga 177ºC.

Outros benefícios do óleo de arroz

Os benefícios do óleo de arroz não param por aí. Confira mais alguns deles.

Colesterol

O óleo de arroz é rico em gorduras benéficas para o corpo, que ajudam a reduzir o colesterol. No entanto, se for consumido em excesso, apesar de seus benefícios, pode haver ganho de peso e aumento dos níveis de colesterol. O correto é moderar no consumo de qualquer óleo.

Improvável que cause reações alérgicas

Se você tem alergia ao amendoim e à soja, por exemplo, você deve evitar consumir seus óleos. Já a alergia ao arroz não é comum, e a probabilidade do seu óleo causar algum efeito alergênico é muito baixa. Para quem sofre com alergias, essa pode ser uma ótima opção de óleo para ter em casa.

Ácidos graxos e nutrientes

Além de ser rico em vitamina E e gama-oryzanol, o óleo de arroz é composto de 21% de ácidos graxos saturados, de 42% de ácidos graxos monoinsaturados, de 37% de ácidos graxos poliinsaturados e possui propriedades antioxidantes.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.



Comentar

10 − 7 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.